Prefeitura de Rafael Fernandes solicitou mais doses da vacina ao Governo do Estado.

Prefeitura de Rafael Fernandes solicitou mais doses da vacina ao Governo do Estado.

A Prefeitura de Rafael Fernandes solicitou ao Governo do Estado, por meio do Ofício 048/2021 da Secretaria Municipal de Saúde do dia 07 de julho, mais doses para acelerar a campanha de vacinação do município, e, consequentemente, tentar atingir às estimativas de vacinação estabelecidas pelo Governo Estadual de vacinar todos os maiores de 18 anos até o fim de Setembro.

Para alcançar essa meta, o município está aguardando a resposta da quantidade de novas doses que deverão ser entregues nos próximos dias. Ocorre que até o presente momento a cidade de Rafael Fernandes está apenas na 31º colocação (dentre 37 municípios do Alto Oeste) se considerarmos proporcionalmente os números de vacinas recebidas por cada habitante, segundo o que consta no RN + Vacina.

Além disso, 09 municípios do Alto Oeste com população inferior a Rafael Fernandes receberam mais vacinas que a terra de Santa Luzia, o que reforça que a política de distribuição não tem atendido proporcionalmente ao número de munícipes.

Portanto, o número reduzido de vacinas recebidas, somado às varias notas técnicas para serem obedecidas na aplicação, sobretudo no tocante aos vários grupos prioritários tanto da primeira, como na segunda dose, não permitem que avancemos mais na vacinação geral.

Para o prefeito Bruno Anastácio, o avanço na vacinação do município deverá acontecer nos próximos dias, pois já foi solicitado o recebimento de mais imunizantes para atingirmos um número maior de pessoas.

“Pedimos ao Governo do Estado mais doses da vacinas por meio de ofícios encaminhamos a SESAP, e faremos tal solicitação pessoalmente junto a Governadora Fátima Bezerra, para que possamos vacinar mais rafaelenses, protegendo assim as vidas do nosso povo e vencendo a pandemia com a maior brevidade possível. Além dos mais, é importante destacar que mesmo tomando a vacina não podemos deixar de usar máscaras e álcool gel para se prevenir dessa doença”, ressalta.